quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Fluxo de matéria e energia na natureza


Olá pessoal, estou postando o 1º texto para nossa aula de biologia de amanhã.

Abraços

Fluxo de matéria e energia na natureza
Os elementos químicos que compõem a matéria dos ecossitemas participam de ciclos biogeoquímicos. Dessa forma, esses elementos químicos, em certas situações, compõem os compostos orgânicos que integram os seres vivos e em outras situações, compõem compostos inorgânicos na forma de gases, água ou sais minerais.
Fluxo de energia e níveis tróficos
A energia luminosa captada por algas, plantas e bactérias fotossintetizantes é utilizada na produção de substâncias orgânicas, nas quais fica armazenada como energia química. Ao comer seres fotossintetizantes, os consumidores primários aproveitam a energia contida nas moléculas das substâncias orgânicas ingeridas, utilizando-as em seus processos vitais, inclusive na síntese de suas próprias substâncias orgânicas. Os consumidores secundários, por sua vez, ao comer consumidores primários, utilizam as substâncias destes como fonte de energia, e assim por diante.
Portanto, a transferência de energia na cadeia alimentar é unidirecional, ela tem início com a captação da energia luminosa pelos produtores e termina com a ação dos decompositores.
Em uma cadeia alimentar, portanto a quantidade de energia presente em um nível trófico é sempre maior que a energia que pode ser transferida ao nível seguinte. Isso ocorre porque todos os seres vivos consomem parte da energia do alimento para a manutenção de sua própria vida e não transferem essa parcela para o nível trófico seguinte.
Além disso, quando um animal come uma planta ou outro animal, parte das moléculas orgânicas contida no alimento não é aproveitada, sendo eliminada na urina e fezes.
Fonte: AMABIS, J.M.; MARTHO, G.R. Biologia V.3 - 2ª ed.. São Paulo: Moderna, 2004, p.300-301.

2 comentários: